quarta-feira, 4 de novembro de 2015

10 leis alemãs bem estranhas (verdadeiro x falso)

 A Alemanha é bem conhecida por ser um país com um milhão de leis, regras e regulamentos diferentes para tudo, desde a assinatura de formulários a construção de casas. Há muitos blogs e sites de curiosidades que falam sobre as "leis alemãs mais malucas", alguns dos quais estão desatualizados ou simplesmente errados. Hoje vamos dar uma olhada nas principais e separar o verdadeiro do falso. Prontos? Aqui vamos nós!


1. É ilegal ficar sem combustível na Autobahn




VERDADE. Um motorista na Alemanha tem que observar uma porção de leis. Uma de suas obrigações como motorista é certificar-se de sempre encher o tanque. Especialmente quando dirigindo na Autobahn (estrada sem limite de velocidade mundialmente famosa da Alemanha) isso pode se tornar um problema, porque é proibido parar. Sim, isso mesmo, se você for parar é melhor ter uma boa razão para isso! A falta de combustível não conta, na verdade isso é considerado negligência pessoal e você pode obter uma multa salgada ou mesmo um ponto em Flensburg, lugar que hospeda o banco de dados nacional de infratores de trânsito, às vezes também chamado de Verkehrssünderkartei.

2. É proibido trabalhar em um escritório sem janelas


FALSO! Você não tem o direito de um escritório com janela na Alemanha. Muitos blogs erroneamente relatam que há uma lei que diz que "é ilegal trabalhar em um escritório sem janelas", enquanto a lei apenas diz que os escritórios têm que ter temperaturas moderadas e ser suficientemente arejados, o que também pode ser proporcionado por ar um condicionado.

3. É proibido tocar piano à meia noite


VERDADE. Os alemães adoram o seu silêncio, mesmo que para mantê-lo eles tenham que inventar milhares de leis, regras e regulamentos. Por exemplo, o Supremo Tribunal Federal de Justiça decidiu que tocar ou praticar instrumentos em apartamentos alugados só é permitido entre 8:00-12:00 e 14:00-20:00. Então, quando a inspiração bater, certifique-se de consultar o relógio primeiro! Mas mesmo considerando esses prazos, a duração total do tempo tocando é limitado, dependendo do instrumento, por exemplo, pianistas podem tocar até duas horas por dia, enquanto os bateristas limitam-se a 45 minutos no verão e 90 minutos no inverno.

4. É proibido manter urnas em casa

VERDADE. A lei alemã de Friedhofszwang exige que todos os restos mortais têm de ser depositados em um espaço designado, ou seja, quer em um cemitério ou como parte de um enterro oficial no mar. Originalmente concebida por razões de higiene, portanto, esta lei proíbe a custódia de urnas em casa, embora em algumas partes da Alemanha esta lei está lentamente sendo amenizada, por exemplo, em Bremen, onde desde o 1 de janeiro de 2015 é agora permitido espalhar as cinzas de entes queridos em propriedade privada, desde que não haja ventos presentes, que pode  acabar carregando os restos mortais para as varandas e canteiros de vizinhos.


5. É ilegal estender a roupa aos domingos


FALSO!  Podem haver contratos de aluguel ou regras da casa que incluem esta regra, mas não há de fato nenhuma lei nacional alemã sobre isso. Claro que ainda pode acontecer, especialmente em áreas particularmente religiosas, que algumas pessoas podem opor-se a essa exibição de "trabalho mundano" no "dia do Senhor", mas desde que o seu contrato ou as regras da casa não mencione, estenda!


6. É ilegal cantar o primeiro verso do hino nacional alemão




FALSO. O Lied der Deutschen (Canção dos Alemães) é o hino nacional desde 1922. Sob o domínio dos nazistas, apenas o primeiro verso foi usado, que começa com "Alemanha, Alemanha acima de tudo". No final da II Guerra Mundial esta canção foi banida temporariamente pelos Aliados por razões óbvias. Na Alemanha moderna, não há de fato nenhuma lei contra cantar este verso, mas quem o faz em público será geralmente desprezado por estar  provavelmente flertando com ideologias do Terceiro Reich.


7. É proibido fazer barulho na hora do almoço

FALSO! Contrariamente à opinião popular, não há legislação nacional que regula a Mittagsruhe (tempo quieto em torno de almoço). Embora  houvessem algumas regras e regulamentos no passado em certos estados federados, a maioria foi derrubada. Cuidado, porém! Semelhante ao problema acima sobre as roupas, este assunto ainda pode ser parte de um contrato de aluguel ou regras da casa. Além disso, ainda existem várias regras gerais em torno "Lärmschutz" (controle de ruído), mas estes são na sua maioria limitados a domingos entre 13:00-15:00hrs.

8. Um travesseiro é considerado uma "arma passiva"



Incerto. De acordo com muitos blogs e fóruns na Alemanha um travesseiro pode ser considerado uma "arma passiva", ou seja, uma arma usada na defesa contra o outro e / ou arma individual. Curiosamente, parece haver um caso em que um homem em Colônia perdeu um dente em uma luta de almofadas e tentou processar, mas não ganhou.

9. Diga "Du" a um policial e seja multado


VERDADE. Como se não fosse suficientemente difícil para os estudantes do alemão saber quando dizer "Du" ou "Sie", abordando um policial na segunda pessoa do singular pode ser motivo de uma multa de até 600 euros. Além disso, há toda uma lista de palavrões e as multas correspondentes, com base em delitos anteriores. Por exemplo, um "Depp!", "Blöde Kuh!" Ou "Idiot!" Vai custar entre 15-30 diárias, ou seja, a multa depende de sua renda, então quanto mais você ganha, mais você paga. Mostrar a língua pode custar cerca de 150 €, enquanto mostrar o dedo do meio custa até 4000€.

10. É proibido usar máscaras em público

FALSO! Em geral não é proibido usar máscaras em público, um bom exemplo é o Carnaval. Há no entanto uma Vermummungsverbot que proíbe participantes de marchas e comícios de cobrir seu rosto a fim de ocultar a sua identidade, punível com multa ou pena de prisão de até um ano. Mas na realidade, nem sempre é assim tão fácil de fazer cumprir esta lei, uma vez que é discutível o que exatamente constitui uma cobertura de cara completa, e o processo criminal desta ofensa muitas vezes pode ser muito moroso e dispendioso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário